Corinthians pode não jogar se torcida só for permitida no Rio de Janeiro

O presidente do Corinthians, André Sanchez, afirmou no Twitter que o time “só aceita a volta do público aos estádios se todos os times da Série A tiverem a mesma oportunidade, independente do estado ou cidade”. 

A publicação acontece depois de o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, afirmar que a partida entre Flamengo e Athletico no dia 4 de outubro, no Maracanã, terá o público liberado, com capacidade máxima de 1/3 do que seria o total.

Sanchez não parece ter gostado da novidade exclusiva para o Rio de Janeiro e afirmou já ter comunicado seu posicionamento para a CBF. Apesar da comunicação de Crivella, a entidade precisa ainda dar o aval para o retorno do público.

The post Corinthians pode não jogar se torcida só for permitida no Rio de Janeiro appeared first on Exame.