domingo, julho 12, 2020
Início Tecnologia Netflix permite ocultar séries que você se arrependeu de ter assistido

Netflix permite ocultar séries que você se arrependeu de ter assistido

Existe algo mágico quando uma nova série da Netflix é lançada e todo mundo está falando sobre. É como se o mundo parasse sempre que a plataforma de streaming decide divulgar uma nova produção pronta para ser maratonada e… amada e odiada na mesma proporção. Pensando que é impossível agradar a gregos e troianos, a Netflix desenvolveu uma ferramenta capaz de ocultar os conteúdos que você se arrependeu de ver.

Seja ele uma série, seja um filme ou documentário: agora você pode tirar o que te envergonha da lista de “continuar assistindo”, quase como se colocasse uma capa da invisibilidade sobre essas produções — não, Netflix, não estamos falando de Harry Potter.

A nova atualização está disponível para smartphones com o sistema operacional Android e não foi liberada para a versão Android TV nem para outros sistemas operacionais por enquanto. Então, para quem tem iPhone, é bom achar outra forma de esconder o que você se arrependeu de ter visto.

Mas, ao mudar suas preferências no celular, elas serão automaticamente incluídas em outras telas. Se você esconder a série 13 Reasons Why de sua lista do aparelho, por exemplo, ela automaticamente também vai sumir da Netflix da sua TV e de seu navegador.

Saiba como retirar séries e filmes de sua lista da Netflix

Primeiro, atualize o aplicativo em seu celular. O segundo passo é bastante simples: na lista de “continuar assistindo”, clique nos três pontinhos que aparecem embaixo da miniatura da série ou filme.

Print da Netflix atualizada

Depois disso, selecione a opção remover da fileira, toque em O.K e pronto — você está livre da vergonha de ter passado 48 horas maratonando aquela série.

Print da Netflix atualizada

Se arrependimento matasse, a Netflix certamente iria achar um jeito de te salvar.

The post Netflix permite ocultar séries que você se arrependeu de ter assistido appeared first on Exame.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

MAIS NOTÍCIAS

Uso de ivermectina não é recomendado contra coronavírus, reforça Anvisa

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) reforçou que o uso de ivermectina não é recomendado para o tratamento de pacientes com o novo...

Maranhão chega a 76 mil pessoas curadas do novo coronavírus

Estado tem ainda 19.051 pessoas em tratamento, sendo 18.293 em isolamento domiciliar, 429 em enfermarias e 329 em leitos de UTI....

Médica é afastada do Einstein após comparação entre pandemia e holocausto

A médica Nise Yamaguchi foi afastada do Hospital Israelita Albert Einstein. Em nota, o hospital paulistano alega que a oncologista e imunologista estabeleceu analogia...

Maranhão se aproxima dos 100 mil casos de Covid-19, o 6º com mais registros no país

São 98.398 casos registrados até este sábado (11), com 2.426 mortes. Em todo o mundo, diversos estudos tentam descobrir uma droga...