quinta-feira, agosto 13, 2020
Início Maranhão Em cinco meses, Maranhão registra mais de 1,3 mil casos de dengue

Em cinco meses, Maranhão registra mais de 1,3 mil casos de dengue


Dados são da Secretaria de Estado da Saúde (SES). De acordo com a pasta, mais de 1,2 mil pessoas estão recuperadas da doença no estado. Secretário de Saúde do Maranhão divulga aumento de casos de dengue no estado
De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (SES) em cinco meses, foram registrados 1.357 casos de dengue em todo o Maranhão. Dentre os casos registrados, um óbito suspeito pela doença está sendo investigado no município de São Domingos, localizado a 380 km de São Luís.
A SES afirma que 1.228 mil pessoas já se recuperaram da dengue no estado. Com as atenções voltadas a pandemia do novo coronavírus, muitas pessoas acabam esquecendo dos cuidados que são necessários para evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti.
Mais de 1,3 mil casos de dengue são registrados no Maranhão em cinco meses.
Reprodução/TV Mirante
As autoridades de saúde alertam sobre a importância em não deixar água parada e evitar de jogar lixo nas ruas, que podem se transformar em criadouros do mosquito. Além disso, deve ser constante a limpeza de áreas do quintal, das ruas, calhas de água e até de telhados.
“Vamos fazer uma vistoria semanal em nossas casas, vamos procurar identificar focos de criatórios do Aedes aegypti e vamos eliminar, se possível, todos os focos. Aqueles que não forem possíveis, entrem em contato conosco para ver o que se pode fazer de tratamento, mas a maior parte dos criatórios podem ser eliminados pela própria pessoa da casa. E aí, nós temos como exemplos garrafas de refrigerante, de cerveja, garrafas pets, copos e o que tiver de água, derrame ela e elimine a criação do Aedes nesses locais”, explicou Pedro Tavares, coordenador do Programa de Combate as Arboviroses de São Luís.
Terrenos baldios também podem ser foco da criação do mosquito. No bairro Vila Industrial, localizado na zona rural de São Luís, é possível observar em muitas ruas lixo doméstico jogado de forma indiscriminada. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde da capital (Semus), as ações de combate à dengue foram intensificadas em toda a cidade.
Na zona rural de São Luís, lixo é jogado de forma irregular e se torna criadouro do mosquito Aedes aegypti.
Reprodução/TV Mirante

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

MAIS NOTÍCIAS

GM promete carro a trabalhador que aderir a PDV

Na tentativa de não promover demissões em massa em razão da alta ociosidade de suas cinco operações no país, onde trabalham cerca de 18...

Delivery: para o home-office, almoço executivo na sua porta

CASUAL listou oito restaurantes badalados que entregam refeições pensadas para o almoço de quem está trabalhando em casa durante a quarentena. Confira: Carlos Pizza Com preços...

O futuro chegou. O Brasil vai com ele?

Enquanto preparávamos esta edição da EXAME, o Mercado Livre, gigante do varejo online criado na Argentina e que tem no Brasil seu maior mercado,...

Beyoncé ‘flagrada’ sem maquiagem em passeio de barco

Beyoncé foi surpreendida pela presença dos paparazzi durante um passeio de barco com a família em Hamptons, cidade na costa de Nova York. A cantora acabou sendo fotografada...