terça-feira, setembro 22, 2020
Início Brasil Rui Costa vai processar quem usar carro de som em protesto contra...

Rui Costa vai processar quem usar carro de som em protesto contra quarentena

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), comentou que não irá tolerar qualquer atitude de estímulo à quebra de quarentena nas manifestações previstas para este domingo (29). Em Salvador, a carreata será às 10h e fará o percurso do novo Centro de Convenções, na Boca do Rio, até o Farol da Barra.

Acompanhado do secretário de Saúde do estado, Fábio Vilas Boas, o governador participou do Papo Correria nesta sexta (27), com transmissão no YouTube e Instagram, para responder dúvidas da população sobre a pandemia de coronavírus. Na ocasião, o gestor avisou que, quem usar equipamentos de som para pedir o fim da quarentena será punido de forma severa.

“Não posso proibir carro de transitar, mas não vamos permitir carro de som circulando na Bahia, pregando morte das pessoas. O carro vai ser preso e o responsável será levado para a delegacia, onde registraremos crime contra a saúde pública, crime contra a vida humana. Está previsto em lei. Todos que tiverem qualquer estrtutura sonora pregando a desobediência, após a delegacia, serão encaminhados ao Ministério Público, onde abriremos processo criminal”.

O governador aproveitou ainda para criticar a postura de quem pretende aderir à carreata. “Seria mais coerente que essas pessoas, ao invés de estar dentro dos seus carros de luxo, com vidro fechado, fossem ao protesto de buzu. A pessoa que tem esse discurso de abrir tudo, deveria deixar o carro na garagem e ir para a manifestação de buzu. É mais coerente do que andar num carro de luxo de R$ 200 mil e pregar que os outros se exponham”, acrescentou.

Críticas ao Governo Federal
Antes da interação com os internautas, Rui abriu a transmissão criticando a postura do Governo Federal, que divulgou nas redes sociais um vídeo onde convoca a população para retomar as atividades normalmente, contrariando todas as recomendações da Organização Mundial da Saúde, que determina o isolamento social. 

A campanha iniciou depois que o presidente Jair Bolsonaro fez um discurso em rede aberta de televisão e criticou a postura de quarentena que vem sendo tomada pelos governos estaduais. O governador comparou a situação com a cidade de Milão, na Itália. Lá, o prefeito da cidade tomou uma atitude parecida com a do presidente brasileiro. Atualmente, Milão acumula cerca de quatro mil mortos vítimas do novo coronavírus.

*Com orientação da subeditora Clarissa Pacheco

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

MAIS NOTÍCIAS

Mercado em torno do Android movimenta R$ 136 bilhões, 2% do PIB

Um novo estudo, realizado pela consultoria global Bain & Company, analisou os impactos que o sistema operacional Android possui no Brasil. Gerando mais de 630...

Heleno diz que retaliação a países que boicotarem Brasil pode estar na mira do governo

BRASÍLIA (Reuters) – O ministro do Gabinete de Segurança Institucional, Augusto Heleno, afirmou nesta terça-feira que a possibilidade de retaliar países que boicotarem produtos...

Polícia prende dois suspeitos de praticarem estupro no Maranhão

Uma prisão foi na cidade de Porto Franco, região Tocantina. A segundo foi em Paço do Lumiar, na Região Metropolitana de...

Além do ponto laranja: as novas funções de segurança do iPhone com iOS 14

A nova atualização do sistema operacional da Apple, o iOS 14, foi liberado para iPhones e outros dispositivos da marca na semana passada. Um...